Você está aqui
Home > Séries > Indicações de Séries > Vale a Maratona: SouthLAnd

Vale a Maratona: SouthLAnd

Todos os textos produzidos pela Up! Brasil não podem ser reproduzidos – total ou parcialmente – sem autorização. Cópias não autorizadas e plágios são crimes previstos no Código Penal.

Temporadas: 5

Emissora: NBC (1ª temporada) e TNT (2ª até a 5ª)

Elenco: Benjamin McKenzie, Michael Cudlitz, Regina King, Shawn Hatosy, Kevin Alejandro, Arija Bareikis, Michael McGrady, Tom Everett Scott e C. Thomas Howell

SouthLAnd é aquela série que você se pergunta se é ficção ou real, já que muitas vezes parece um reality show sobre o cotidiano dos policiais e detetives da cidade de Los Angeles. Inicialmente passada no canal NBC foi cancelada com apenas 7 episódios e resgatada pela TNT onde foi cancelada após a 5ª temporada. Logo na estréia foi fortemente criticada pelo jeito mais pesado em lidar com o assunto e pelo horário que passava (21hrs). A TNT viu o potencial que a série poderia ter e a reestreia sem palavras obscenas teve uma recepção melhor.

A série tem como foco mostrar as dificuldades que a LAPD lida diariamente, seja na vida pessoal ou profissional. De maneira crua eles abordam situações como tráfico de drogas, gangues, assassinatos e qualquer ocorrência que o cidadão de LA se sinta no direito de reportar mesmo que seja absurda.

Logo no piloto somos apresentados a Ben Sherman (Benjamin McKenzie) que começa seu treinamento nas ruas com o Oficial John Cooper (Michael Cudlitz) e já em seu primeiro dia precisa disparar contra um suspeito para que ele não mate outro oficial (C. Thomas Howell).

Ben é filho de um advogado famoso, porém desleal; cheio de ressentimentos contra essa vida abastada que seu pai ainda ostenta e sendo tratado muitas vezes por ‘Riquinho’ ele luta todos os dias internamente tentando fazer o certo, mesmo não tendo limites e nem sempre tomando a decisão certa. Já Cooper usa a dor nas costas como uma muleta para seu vício em remédios controlados, mas ao longo das temporadas você percebe que em comparação com outros oficiais ele ainda toma as melhores decisões.

Trabalhando muitas vezes no limite por causa de problemas com suas esposas ou tentando disfarçar seus vícios, os personagens se encontram a beira do abismo entre o que é legal e o que eles desejariam fazer com um suspeito. O Det. Sammy Bryant (Shawn Hatosy) é um dos personagens que fica a um passo do precipício quando acredita que precisa fazer justiça com as próprias mãos quando seu parceiro é assassinado.

Já a Det. Lydia Adams (Regina King) descobre que nem sempre pode confiar em seu parceiro, Det. Russell Clarke (Tom Everett Scott), assim como a oficial Chickie (Arija Bareikis) que acaba sendo mal vista após entregar o parceiro que trabalhava alcoolizado.

Filmada em grande parte nas ruas de Los Angeles a série praticamente não tem trilha sonora e nem foco nos casos atendidos pelos nossos oficiais e detetives. A série é boa e desbocada com conceitos delicados e sem muitas voltas, nos dando um choque de realidade mesmo que seja ficção, ou não. Afinal de contas quem nunca viu nos jornais situações como as tratadas por SouthLAnd? Se vale a maratona? Sem dúvidas, é uma das melhores séries policiais da atualidade.

No anúncio oficial do cancelamento emitido pela TNT eles informam que:

“Estamos enormemente orgulhosa de SouthLAnd, que permanece como um dos melhores dramas policiais já feitos.”

A TV Guide chegou a anunciar que a Warner estaria considerando fazer um filme para a TV de duas horas para um desfecho, porém já se passaram dois anos e nada até agora.

 

Deixe uma resposta

Top