Você está aqui
Home > Livros > Resenhas > Editoras > Arqueiro > Resenha De Livro: “Para Sempre Minha”, Abbi Glines

Resenha De Livro: “Para Sempre Minha”, Abbi Glines

Todos os textos produzidos pelo Up! Brasil não podem ser reproduzidos – total ou parcialmente – sem autorização. Cópias não autorizadas e plágios são crimes previstos no Código Penal.

Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Páginas: 198

nota4

Podem falar o que quiser, que Abbi Glines escreve as mesmas histórias com personagens semelhantes e apenas nomes diferentes, que todas as suas histórias se passam em Rosemary Beach, que são perfeitas e lúdicas… Não me importa em absolutamente nada. Eu adoro cada uma das histórias de Rosemary Beach. Cada livro que Abbi lançar, eu vou querer ler.

“Para Sempre Minha”, nono livro da série, foca na história de Tripp e Bethy. Assim como todos os oito livros anteriores, muitos personagens que já tiveram sua história contada em outros livros, reaparecem para situar os personagens e fazer a história girar.

Segue a sinopse: Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria.

Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar.

No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.

Toda Rosemary Beach presenciou o romance entre Bethy e Jace, todos virão o quando Jace fez bem para Bethy e quando o rapaz morreu, apesar dela se responsabilizar pela morte no namorado, teve todos ao seu lado. Menos Woody, mas Jace era seu melhor amigo e por isso demorou um tempo para o rapaz colocar a cabeça no lugar e voltar a ser legal com Bethy.

O que ninguém sabia era que antes de Jace e Bethy serem um casal, Bethy já tinha tido um romance devastador com Tripp. Foi um romance rápido e quando o garoto foi embora, deixou para trás Bethy, um coração partido e um problema – que eu não vou contar para não dar spoiler. Só que Tripp volta determinado a cuidar de Bethy e a ficar ao seu lado, do jeito que ela permitir.

Bethy é aquela mocinha forte, porém sensível. Ela passou por poucas e boas por causa de Tripp e culpa a eles dois pela morte de Jace. Por isso, para ela é tão difícil perdoar o garoto. Para ele, por sua vez, é hora de correr atrás e consertar as besteiras e decisões erradas. E Tripp, além de tudo, é lindo e sedutor.

Quem gosta de romance, drama, superação e muitos personagens maravilhosos, ou para quem já está familiarizado com algum outro casala da série, não pode deixar de ler “Para Sempre Minha”.

Suelen Dias

Jornalista e mercadóloga, super ligada no mundo pop. Adora um bom livro, uma boa série e ir ao cinema. Escritora frustrada, adora viajar, nutre um amor profundo e eterno por Londres.

Deixe uma resposta

Top