Você está aqui
Home > Livros > Resenha de Livro: “A Vez da minha Vida” – Cecelia Ahern

Resenha de Livro: “A Vez da minha Vida” – Cecelia Ahern

Todos os textos produzidos pelo Up! Brasil não podem ser reproduzidos – total ou parcialmente – sem autorização. Cópias não autorizadas e plágios são crimes previstos no Código Penal.

Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384

nota4,5

“A vez da minha vida” foi uma leitura que me surpreendeu positivamente. Escrito por Cecelia Ahern, a mundialmente conhecida autora de “P.S. Eu te amo”, este livro foi publicado aqui no Brasil pela editora Novo Conceito em uma edição caprichada, com uma bela capa e uma excelente revisão do texto – o que me fez relevar tranquilamente a única derrapada boba da tradução que encontrei lá pela metade da obra.

Eu havia me decepcionado bastante com a narrativa arrastada de “Aqui é o Melhor Lugar”, livro publicado há alguns anos pela editora Rocco, por isso relutei muito antes de encarar outro livro de Cecelia. A premissa bastante imaginativa de uma mulher que vai parar no mundo onde todas as coisas perdidas vivem acabou se revelando uma leitura monótona e maçante, que finalizei com muito custo. “A vez da minha vida”, porém, conseguiu prender minha atenção do começo ao fim.

Com uma linguagem simples e envolvente, este livro narrado em primeira pessoa conta a história de Lucy Silchester, uma mulher de 29 anos que vem aproveitando muito mal a sua vida. Vivendo sozinha com um gato hermafrodita, o fofinho Sr. Pan, ela passa os seus dias desmotivada e cercada de mentiras, incapaz de se comprometer, finalizar alguma coisa ou permanecer em um evento até o final. Lucy mente para seus amigos, para seus colegas de trabalho, para sua chefe e para a sua família. Ninguém nunca visitou seu novo apartamento, um lugar bagunçado e pequeno que ela odeia. A solução? Um encontro com a sua Vida.

“Prezada Lucy Silchester,
Você tem um compromisso na segunda-feira, 30 de maio.
Com os melhores cumprimentos,
Vida”.

Os livros de Cecelia Ahern costumam ter um toque fantástico que faz toda a diferença em suas tramas. Neste caso, temos a Agência Vida, uma organização que proporciona um tête-à-tête entre pessoas que andam de mal a pior e as personificações de suas Vidas. Consegue imaginar a situação? Surreal, não? A partir desse encontro com suas Vidas, as pessoas passam por mudanças positivas que transformam a maneira como elas encaram a si mesmas e o mundo ao seu redor. A Vida de Lucy, primeiramente descrita como um homem sujo, com mau hálito, irritante e desgrenhado, acaba forçando-a a assumir as verdades escondidas embaixo de todas as pequenas e grandes mentiras que criou. O que os dois passam lado a lado é algo incrível, honesto e muito emocionante!

Vida, apresentado para os outros pelo nome de Cosmo, é um personagem maravilhoso, cativante e muito bem construído, assim como Lucy. Juntos, os dois formam uma dupla poderosa e divertida: entre o forte senso de realismo de um e a ironia do outro, diálogos incríveis e extremamente verdadeiros surgem a cada capítulo. Não há didatismo ou qualquer coisa que passe perto da abordagem dos livros de autoajuda – nesta trama, o que realmente conta é o poder que a verdade tem, tanto para o bem como para o mal. A cada vez que Lucy mente, Vida revela uma verdade sobre ela em público, e isso gera momentos ora tensos, ora divertidos. “A vez da minha vida” é um romance sincero e inspirador que vale a pena ler! Não deixe para depois e corra já atrás dessa preciosidade.

Jaqueline Sant'ana
Tem 29 anos, é carioca, botafoguense, revisora e Mestre em Sociologia. Ama cinema, literatura e música e curte passar os finais de semana fazendo binge-watching de séries, mas não dispensa um karaokê com litrão de cerveja.

Deixe uma resposta

Top