Você está aqui
Home > Livros > Resenhas > Editoras > Resenha de Livro: “A (R)evolução das Mulheres” – Mindy McGinnis

Resenha de Livro: “A (R)evolução das Mulheres” – Mindy McGinnis

Todos os textos produzidos pelo Up! Brasil não podem ser reproduzidos – total ou parcialmente – sem autorização. Cópias não autorizadas e plágios são crimes previstos no Código Penal.

Autora: Mindy McGinnis
Editora: Plataforma21
Páginas: 344

 

Devido ao título, achava que A (R)evolução das Mulheres, da Mindy McGinnis, tratava-se de um livro sobre o feminismo na sociedade contemporânea e, embora a história de fato envolva diversas questões relacionadas a este tópico, como a cultura do estupro, sexismo e a misoginia internalizada em nossa sociedade, ele também envolve outras questões morais, como a definição do que é ”certo” e ”errado”. Apesar dos temas delicados, o enredo tem uma pegada puxada mais para o thriller do que para o drama, com personagens adolescentes que estão aprendendo a adquirir maturidade e suas reflexões sobre o mundo.

A história é narrada por três pontos de vista, Alex, Efepê e Jack, três adolescentes que estudam na mesma escola mas que, exceto pelo fato de morarem na mesma cidade, não possuem nada em comum. Logo no inicio do livro sabemos que a irmã mais velha de Alex, Anna, foi assassinada de forma violenta, abalando assim a pequena cidade em que viviam e afetando Alex de forma irreparável.

Exteriormente Alex é apenas uma garota comum, sem vida social ativa ou amigos próximos, e que nunca chamou atenção de ninguém até sua irmã ser assassinada e então ficar conhecida como ”a irmã da garota que foi assassinada”. Porém Alex não é o que aparenta ser e descobrimos que, após o suspeito do assassinato de sua irmã ter saído impune por falta de provas, ela decide fazer justiça com as próprias mãos.

Efepê, como é comumente chamada, é o apelido de Claire, que ganhou essa denominação devido a ”estereotipização” de ser Filha do Pastor. Recentemente seu namorado de longa data, Adam, terminou o relacionamento e começou a namorar com a garota mais popular da escola. Ao se voluntariar no mesmo Abrigo para Animais no qual Alex também é voluntária, ambas as meninas acabam se aproximando e começam uma improvável amizade.

E, por último, temos Jack, um dos garotos mais populares da escola, que nunca prestou atenção em Alex até o fatídico assassinato de sua irmã mais velha e então, de repente, passar a notá-la.

A (R)evolução das Mulheres é um livro atípico, que inquieta e mexe com o leitor, e que me prendeu do inicio ao fim. Mindy McGinnis criou personagens realistas, além de conseguir  balancear questões politicas e pessoais maravilhosamente bem. Em suma, foi um livro que, do início ao fim, me fez chorar, ficar com raiva, angustiada e cheia de esperança.

Raissa Guedes
nordestina, slytherin, movida a base de doces, música, seriados, café e livros. Já faz um certo tempo que também adquiriu um vício por doramas, embora sempre tenha tido um carinho especial pela cultura asiática em geral. Por mais que deseje, nunca foi uma pessoa particularmente disciplinada, e a cada livro que lê adiciona mais 3 na lista.

Deixe uma resposta

Top