Você está aqui
Home > Livros > Indicações Literárias > Indicação de Livro: “Sem Clima para o Amor” – Rachel Gibson

Indicação de Livro: “Sem Clima para o Amor” – Rachel Gibson

Todos os textos produzidos pelo Up! Brasil não podem ser reproduzidos – total ou parcialmente – sem autorização. Cópias não autorizadas e plágios são crimes previstos no Código Penal.

 

Autor: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros
Páginas: 279

Sem Clima para o Amor foi o primeiro livro em muito tempo que me deixou feliz do começo ao fim com sua narrativa divertida e cativante.

Rachel Gibson nos apresenta Clare, uma mulher cuja vida estava desmoronada desde que descobriu seu noivo a traindo com outro homem, e Sebastian, um homem que conhece Clare desde criança – e que desde que a viu numa tanga cor de rosa, não consegue tirá-la da cabeça.

As coisas começam a ficar interessantes depois de Clare acordar no quarto de Sebastian e o mesmo decidir ficar mais alguns dias na cidade para retomar o contato há tanto tempo perdido com o pai. Ele e Clare então acabam sendo forçados a passar algum tempo juntos quando tudo o que querem é ficar longe um do outro – até que um beijo apaixonado abala seus mundos.

O que mais me agradou é que o relacionamento deles não acontece do nada. Os dois possuem um passado juntos, eles se conhecem a tempo o suficiente para saber o que esperar um do outro (e quando suas ações são diferentes, a surpresa é ainda melhor) e os dois estão, nesse momento, lidando com situações diferentes – Clare está lidando com um coração perdido e Sebastian está num caminho de quase-autoconhecimento para resolver suas questões familiares com o pai.

É um bom gancho o que temos aqui. A premissa somos-amigos-e-agora-estamos-tentando-algo-mais-porque-não-conseguimos-não-tentar funciona muito bem para Clare e Sebastian. Eles fomam um casal quente – e a falta de confiança que ela tem nele só ajuda a tudo ficar ainda mais interessante.

Os outros personagens são uma atração à parte. Tanto a mãe de Clare quanto o pai de Sebastian são figuras interessantes de se acompanhar e seus diálogos são sempre muito bons. As amigas de Clare estão sempre ali, também. Seus conselhos e suas risadas são ótimas e ajudam a atenuar um pouco a dor e a dúvida que a protagonista sente em grande parte da história.

Finalmente, eu adoro o estilo de escrita de Gibson. Eu amei que o ponto de vista de Sebastian teve uma boa parte do livro porque ver a dúvida nele também é um ponto importante. Gibson deixa seus personagens livres, com uma facilidade incrível para se moverem em torno de um quarto e de si mesmos e assim dar-nos pequenas coisas simples, detalhes para fazê-los parecem vivos de verdade.

Com certeza, essa é uma leitura divertida e rápida, mais do que indicada.

Vitória Doretto
Vitória - mais conhecida como Vicky. Sou viciada em instagram e estou ali, me dividindo entre o amor por personagens de livros e as aventuras que encontro nos [agora raros] games da vida. Sou graduada em Letras e Revisora de Português licenciada pelo MEC, nerd de carteirinha (mesmo tentando ser transuda na maior parte do tempo), apaixonada por doramas e por mais bandas e cantores do que gostaria.

Deixe uma resposta

Top